Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Sics, UFT e Fapto assinam termo de convênio para execução do projeto “Tocantins pelo Mundo”
30/06/2022 22:18 em Política
Iniciativa visa preparar empresas do estado para exportação. Ação é uma iniciativa da Universidade Federal do Tocantins (UFT) com apoio da Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto)
Yasmin Sobral/ Governo do Tocantins
A Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços recebeu nesta quinta-feira, 30, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto) para assinatura de termo de convênio para execução do projeto “Tocantins Pelo Mundo”. A ação foi apresentada ao Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (CDE-TO) que aprovou aporte de recurso no valor de R$ 298.462,28. A iniciativa visa preparar empresas tocantinenses de pequeno e médio porte para realizarem a exportação de seus produtos e serviços.
 
A ação irá qualificar empreendedores através da disponibilização de workshops empresariais, além de realizar levantamento sobre as empresas que possuem potencial para a atividade e as que já atuam na área, estabelecendo o perfil exportador das empresas do Tocantins.
 
Para o reitor da UFT, Luís Eduardo Bovolato, o projeto irá valorizar o potencial de exportação do Tocantins, além de inserir o empresário local em um mercado promissor, para o desenvolvimento da economia.
 
“A perspectiva de preparação de empresas para o setor da exportação é algo que vai agregar valor ao circuito produtivo e o Tocantins ganha muito com isso. Há também a possibilidade de ampliação da atividade econômica e também da valorização dos profissionais ligados à academia, criando dessa forma um ambiente propício para o desenvolvimento do Tocantins”, afirmou Bovolato.
Visualização da imagem
“Esse projeto permitirá que a gente leve o conhecimento da academia para o mercado de trabalho, qualificando as empresas e desenvolvendo o Tocantins”, completou Léo Araújo, diretor geral da Fapto.
 
Para o gestor da Sics, Carlos Humberto Lima, apoiar esse tipo de iniciativa auxilia o empreendedor a exercer maior influência em mercados de abrangência nacional e internacional, possibilitando o crescimento do seu negócio e viabilizando fortalecimento econômico para o Tocantins.
 
“Um estado como o Tocantins precisa estar pronto para todas as alternativas de mercado. Quando prestamos esse tipo de apoio ao empreendedor de pequeno e médio porte, criamos possibilidades para ele se desenvolver e criar relações externas que vão agregar maior valor para o seu negócio e desenvolvimento para o Tocantins. Fazemos fronteira com seis estados, o que nos torna uma região de excelente logística multimodal de transporte. Precisamos que o empreendedor esteja ciente desses recursos e saiba como utilizá-los da melhor forma possível”, frisou Carlos Humberto Lima.
COMENTÁRIOS