Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Estudantes realizam exposição em preparação para Mostra Brasileira de Foguetes
08/06/2021 22:45 em Política

Os foguetes foram confeccionados pelos próprios estudantes com o uso de materiais recicláveis


Cláudio Paixão/Governo do Tocantins  

Os estudantes do Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini, de Almas, participam pela 8ª vez consecutiva da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Este ano, em função da pandemia da Covid-19, ficou definida a participação de uma equipe por turma (para garantir o distanciamento social), totalizando 7 equipes (2 alunos em cada equipe).

A competição é dividida em duas fases; na primeira, os alunos devem gravar um vídeo apresentando a equipe, seu foguete e por fim o lançamento deste. Depois, devem mandar para a organização esse arquivo junto com as especificações do alcance obtido. As melhores 200 equipes, então, são selecionadas para a segunda fase da competição, a Jornada de Foguetes.

A Mostra Brasileira de Foguetes é organizada anualmente pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), para alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio do país. Assim como a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), o principal objetivo da competição é despertar o interesse dos estudantes pela Astronáutica, Física e Astronomia, através de uma metodologia lúdica e cooperativa.

O professor Robson Barreira Soares, responsável pela coordenação local da iniciativa, destacou que esse trabalho já faz parte das ações da escola e foi desenvolvido de forma sustentável. “A maior parte da matéria-prima utilizada na confecção dos foguetes e suas bases de lançamento foi através da coleta seletiva de materiais recicláveis e reutilizáveis. É de suma importância para todos os envolvidos no contexto ensino e aprendizagem”.

A açao foi de fundamental importância por envolver atividades motivadoras mesmo em tempo de Pandemia. Despertando o interesse em várias áreas da Ciência. Pois ganhar conhecimento é algo que não tem preço. A escola sempre vem motivando o Protagonismo e a participação dos alunos. A ação também prima pela sustentabilidade, pois são utilizados vários materiais recicláveis na construção dos foguetes.

A estudante Daniella Rodrigues da Silva, da 3ª série do Ensino Médio, destacou pontos importantes na participação da Mostra. “É de fundamental importância participarmos de atividades motivadoras, mesmo em tempo de pandemia. A ação desperta o interesse em várias áreas. Além disso, a ação motiva o protagonismo e a participação dos alunos e  também prima pela sustentabilidade”.

O desenvolvimento das atividades foi fruto do trabalho conjunto dos professores Robson Barreira Soares, Silvana de Sousa Ferreira e José Valdo Bento do Nascimento; da coordenadora Tatiane Gonçalves e da diretora Luciana Castro; entre outros profissionais da unidade de ensino e estudantes.  

MOBFOG

A Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) é uma olimpíada inteiramente experimental, pois consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos são construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes.

Foto: Divulgação Dicom Seduc/Governo do Tocantins

COMENTÁRIOS